domingo, 23 de dezembro de 2012

Natal

                                                                                                 "FERNANDO PESSOA"




            Porque o Natal também são saudades, com as quais aprendemos a viver.

            BOM NATAL.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

A publicidade tem destas coisas

         Eu tinha uma mini-aplicação aqui ao lado com um calendário. Não percebo porquê, o sacana começou a ter publicidade, daquela mesmo boa. De há dois dias para cá tinha uma menina, no meu blogue, por cima do calendário, de lingua espetada a lamber um daqueles aparelhos de massagem que se vendem na La Redoute. Acabou. Vá lamber gelados para outro lado.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Só visto...

        E depois de um mês inteiro a fazer fisioterapia e a andar de muletas, um desgosto enorme por não poder fazer desporto, mais 2 meses de pé inchado e dolorido quando chegava a noite, muitas massagens, pés elásticos e o diabo a sete, fomos a uma sumidade na matéria, daquelas que operam futebolistas.

         Cá fora eu e a Madrinha, que é fisioterapeuta, explicámos que como ele já tinha 18 anos não abririamos a boca, iriamos só assistir. Voltei a relembrar-lhe os factos , as datas, aquilo que não poderia esquecer. Tá bem abelha. Chegado lá dentro, sim senhora, muito educado com o médico, este acaba por lhe peguntar ao que vem. Resposta: Fiz um entorse, no dia 1 de Setembro a jogar Basket e  vinha ver o que é que o Doutor achava. Hem? Então eu andei 100 Km para isto? Nem um resumo sabe fazer? Lá tive de fazer asistência parental. No fim disse-me que se tinha cingido ás partes mais importantes. Pois, cá para mim foi ao principio e ao fim, o resto desapareceu.

        

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Chegou...


 
         Se eu disser que este ano a minha porta foi, aqui no bairro, a primeira a ter coroa de Natal na porta, sei que não minto. Há iluminações nas ruas, mas não foram ligadas ainda. As lojas não estão cheias e as pessoas andam tistes. Na minha terra o Natal não chegou ainda mas a minha casa sim.

 
 














~~


segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Trabalho acabado...

           E pronto. Meta passada. Não ficou nada como eu queria, mas foi o possivel. A Madalena é que anda um bocado baralhada. Só se senta no centro do tapete, e olha muito séria para os circulos.
 
 
 
 






sábado, 8 de dezembro de 2012

Ao nosso lado...



          Esta semana morreu o  filho de um segurança do Tribunal onde o V. trabalha. Tinha 24 anos. Casado, com um filho, tinha comprado casa. Ao que parece ao facto de ter sido despedido juntou-se um acidente com o carro. Suicidou-se. O pai no dia do Funeral foi ao Tribunal. Caiu nas escadas. Está hospitalizado e não pôde sequer despedir-se do filho.

          Esta manhã quando fui pôr o lixo estava uma idosa, sem pudores a esgravatar tudo o que se encontrava dentro do contentor do lixo.

          Eu sei que temos de ser optimistas, olhar para a frente, valorizar o que temos e gozá-lo. Mas está dificil.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Pequenos nadas que me enfeitam a vida (3)


           Sempre brinquei com a minha mãe por causa das feiras. Tudo o que é feira tem a D. Gena como certa. Ela compra coisas que me deixam simplesmente de boca aberta. Ora de há uns tempos para cá também eu ganhei (só um bocadinho) o mesmo gosto. A crise está aí e se as coisas têm qualidade não é por se venderem na feira que a perdem. Há que saber comprar.
           As sapatarias "Charles" faliram, pelo que os restos de stock foram, ao que parece, vendidos a ciganos. Estes, a mim custaram-me 5,00€.




 
          Girissima e grande como gosto. 15,00€.
 


 
           Bota em pele (juro) de salto agulha e casaco 3/4 a abotoar por baixo do peito. 10,00€ cada.
           E pronto. É só ter tempo para procurar. Ah, e estar aberto ao que  aparecer. Quando vou á procra de qualquer coisa em concreto nunca há. Faz parte do processo.


 

 

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Serão


          A lareira a arder e um sócio que nos dá musica. Há coisas que são quase perfeitas.


segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Coisas de que não gosto mesmo nada...



         Das fúrias da minha Madalena. Queria ir à rua, e eu queria fazer-lhe festas. Pois... E está esterelizada... Livra!!






segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Coisas bonitas

          Ontem passei pelo Loureshoping só para, como eu costumo dizer, levar um banho de civilização, o que equivale a dizer que vou ver montras, coisa que já quase não existe por aqui.

          ´Tomei café e entrei em 2 sitios, no Continente e claro, na Zara Home. Quase que tive de bater em mim própria, para sair de lá. A sensação que tenho qundo lá vou é a de que aqueles senhores sabem exactamente do que eu gosto.












            Conclusão? Estou doente, muito doente (é que antes de entrar jurei a mim própria que não compraria nada).

sábado, 24 de novembro de 2012

Passear a memória na Ilha do Baleal

       
          Ao fim de semana gostamos de tomar café na Ilha. Não no Verão, onde desemboca toda a gente, mas sim no Inverno, onde é nossa, dos poucos turistas, das gaivotas e das escolas de surf que por lá abundam.

           Ele, não é daqui. Não tem memórias da praia, das casas, das pedras... Esta primeira casa, logo à entrada era alugada pela minha avó, que me lembre até aos meus 6 anos, e as duas portas verdes, em baixo, eram uma mercearia, que para meu prazer (e birras medonhas), bem como aborrecimento dela, tinha baldes de praia e pás para a areia pendurados na porta, para venda.   

           A saudade pode ser uma coisa tão boa.