quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Coisas de que não gosto mesmo nada...



         Das fúrias da minha Madalena. Queria ir à rua, e eu queria fazer-lhe festas. Pois... E está esterelizada... Livra!!






segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Coisas bonitas

          Ontem passei pelo Loureshoping só para, como eu costumo dizer, levar um banho de civilização, o que equivale a dizer que vou ver montras, coisa que já quase não existe por aqui.

          ´Tomei café e entrei em 2 sitios, no Continente e claro, na Zara Home. Quase que tive de bater em mim própria, para sair de lá. A sensação que tenho qundo lá vou é a de que aqueles senhores sabem exactamente do que eu gosto.












            Conclusão? Estou doente, muito doente (é que antes de entrar jurei a mim própria que não compraria nada).

sábado, 24 de novembro de 2012

Passear a memória na Ilha do Baleal

       
          Ao fim de semana gostamos de tomar café na Ilha. Não no Verão, onde desemboca toda a gente, mas sim no Inverno, onde é nossa, dos poucos turistas, das gaivotas e das escolas de surf que por lá abundam.

           Ele, não é daqui. Não tem memórias da praia, das casas, das pedras... Esta primeira casa, logo à entrada era alugada pela minha avó, que me lembre até aos meus 6 anos, e as duas portas verdes, em baixo, eram uma mercearia, que para meu prazer (e birras medonhas), bem como aborrecimento dela, tinha baldes de praia e pás para a areia pendurados na porta, para venda.   

           A saudade pode ser uma coisa tão boa.
















quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Cozinheira contrariada



           É o que eu serei sempre. Sei que sim. Detesto cozinhar! Detesto a obrigatoriedade, detesto o tirar e pôr a mesa. Isto porque geralmente, quando acabo de arumar a cozinha, é já altura de a desarrumar novamente. Para mim é uma verdadeira prisão, não consigo ver isto de outra forma.
           Mas o que me tira do sério é mesmo o saber o quê? O que fazer? Carne ou peixe, cozido ou assado, com batatas ou com arroz?

          Pois bem, isso acabou há alguns meses. Está comprovado e arrecadado. O meu quadro branco, é preenchido aos sábados, de uma só vez. Não dói muito. Penso logo nas sopas, pratos principais,  sobremesa, quando há. Só faço jantares durante a semana, portanto não é dificil. E é um alivio senhores, um alivio.



quarta-feira, 21 de novembro de 2012

E continua...



          E a nova manta está mesmo a andar. É óptima para fazer enquanto se vê televisão. Agora tenho é de ter cuidado com o que vejo, porque com as ultimas noticas para 2013 ainda me perco nas contagens.






domingo, 18 de novembro de 2012

Pequenos nadas que me enfeitam a vida (1)


          E como eu sempre achei que condicionamos a nossa vida pela forma como olhamos para ela, eu escolho sempre enfeitá-la com coisas bonitas, que brilhem, que me alegrem, que me lembrem que o valor das coisas não está no preço, mas sim no seu propósito e objectivo.


sábado, 17 de novembro de 2012

E continuando com o tapete...

          Não está a correr nada bem. Depois do trabalhão que deu a fase inicial, não estou a gostar nada da junção das várias partes. Mas, como teimosa famosa que sou, a ver vamos. Vou insistir um pouco mais e quem sabe, talvez a coisa me convença.

          Talvez com um pouco de cor..






 
 



terça-feira, 13 de novembro de 2012

O que uns não querem....


          estão outros desejando.

          Esta cadeirinha estava ao lado do contentor do lixo cá do burgo. Por acaso naquele dia quando fui pôr o lixo, levava  carro porque ia ao supermercado a seguir. Nem de propósito. Ñão pensei duas vezes. Abri a mala do carro e aqui está ela.

          Depois de uns mesinhos no meu quintal lá convenci o meu sócio a arranjá-la. Tinha a trave da frente partida, a qual foi substituída, e estava toda esburacada do bicho.

          Ainda pensei em estofá-la mas o assento em pele é tão bonito. Agora vive na minha sala.
          Nunca hei-de perceber como é que há pessoas que conseguem desfazer-se de peças destas.







domingo, 11 de novembro de 2012

Mar meu...



E hoje por aqui está assim...


 

 
 

Nova manta



          E já encontrei o motivo para a nova manta e com uma cor mais clara. Desta vez estou a ficar motivada para continuar e satisfeita com o que vai saindo.   
        
         Tudo o que se quer, no crochet e na vida.